• Marcelo Cardinal

Mantendo uma cultura criativa

Tudo o que consumimos tem uma influência enorme na hora que sentamos na cadeira e nos desafiamos a criar algo novo: músicas, filmes, jogos, livros, sites, blogs.. Tudo isso tem o poder de transformar a forma como enxergamos uma tela em branco, mas se engana quem pensa que a criatividade parte apenas do consumo desse tipo de conteúdo.




A criatividade é uma característica inerente em nós humanos e um olhar criativo pode surgir em uma simples caminhada pela rua, seja observando as formas que nos cercam ou sendo atentos aos sons que nos permeiam.


Sair da sua zona de conforto também é um ótimo jeito de estimular sua criatividade, para isso, seja aberto a novas propostas.


• Se você só vê filmes de ação, por que não tenta um filme mais dramático?

• Se só consome Mangás, por que não dá uma chance aos quadrinhos europeus ou até mesmo brasileiros?


Mude sua playlist do Spotify e arrisque mais nas escolhas da Netflix!


A dica é sempre manter a mente aberta para novas ideias que fogem do que você está acostumado.


E isso não vale apenas para o que se consome, mas sim, para o que se produz!


Exato! Arrisque algo novo!


Escreva para um blog, saia para fotografar, pratique um esporte, medite, pinte um quadro, arrume um hobby que não tenha nada a ver com o que você já faz profissionalmente.


Por outro lado, ser um "megalomaníaco criativo" e querer reestruturar todos os seus gostos e aspirações o tempo todo, pode te trazer um certo "cansaço mental" e consequentemente te trazer bloqueios criativos, é importante que você tome um tempo para relaxar e não fazer nada, isso faz parte do processo criativo!


" Eu adoro passar minhas camisas - é tão entediante que quase sempre gera em mim boas ideias. Se está sem ideias, lave a louça. Faça uma longa caminhada. Fique olhando para um ponto na parede o máximo de tempo que puder. "

Austin Kleon, Roube Como um Artista - p.75

© 2019 by Marcelo Cardinal